LIGUE AGORA!
PEDIR INFORMAÇÕES
Aloé Vera: Tudo o que Precisa de Saber

Aloé Vera: Tudo o que Precisa de Saber

A planta Aloé Vera é uma planta natural do norte de África que se apresenta de forma idêntica a um cato e que tem vários benefícios, dos quais vamos falar neste artigo, sendo que podem existir ainda mais benefícios que a própria comunidade científica ainda desconhece.

Este artigo vai abordar os seguintes temas:

  • O que é o Aloé Vera?
  • Benefícios da planta Aloé Vera
  • Aloé Vera: Benefícios para a Saúde
  • Alóe Vera – Depilação a Laser
  • Contraindicações
  • Aloé Vera: Como Usar
    • Cabelo
    • Pele
  • Receitas
    • Aloé Vera Xarope
    • Aloé Vera Sumo
  • Conclusão

O que o Aloé Vera?

A planta Aloé Vera é usada há milhares de anos para prevenir e curar problemas de saúde e, segundo papiros egípcios, há mais de cinco mil anos que é utilizada como planta medicinal.

O seu nome científico é Aloé Vera  também conhecida, entre os egípcios, como a planta da imortalidade. Pensa-se que é originária do Sudão e que mais tarde foi introduzida na região do Mediterrâneo, África, Ásia, Índia, Europa e América.

Esta planta apresenta benefícios no tratamento de doenças e nos cuidados de beleza, devido ao seu extraordinário poder medicinal e cosmético.

O gel de Aloé Vera é uma substância clara e gelatinosa encontrada na parte interna da folha da planta. Contém vitaminas antioxidantes A, C e E, vitamina B12, ácido fólico e colina, minerais como cálcio, cobre, selénio, crómio, manganês, magnésio, potássio, sódio e zinco. Também é composta por laxantes, analgésicos, agentes antibacterianos e antivirais.

Este gel ficou conhecido pelo seu efeito calmante, anti-inflamatório, cicatrizante e regenerador, melhorando a aparência da pele e do cabelo. O Aloé Vera também pode ser usado para tratar dores musculares, queimaduras, feridas, gripe, insónia, pé de atleta, inflamações, prisão de ventre e problemas digestivos. Existem inúmeros relatos do uso desta planta no tratamento de psoríase, dermatite e feridas cirúrgicas.

A planta Aloé Vera pode ser encontrada e consumida sob diversas formas sendo que as mais conhecidas são em gel, pó ou líquida.

Benefícios da planta Aloé Vera

  • Hidrata a pele;
  • Trata o Acne;
  • Protege os cabelos;
  • Trata queimaduras;
  • Ajuda a combater a celulite e o excesso de peso;
  • Atenua as dores musculares;
  • Auxilia na cura de gripes, constipações e a baixar a febre;
  • Dá energia;
  • Beneficia o sistema digestivo;
  • Ajuda na prisão de ventre;
  • Ajuda a controlar o mau colesterol;
  • Usada para combater a pedra nos rins;
  • Aumenta a libido.

Aloé Vera: Benefícios para a Saúde

  • Ação nutritiva: estimula a formação das células e dos tecidos, uma vez que possui 18 dos 23 aminoácidos, necessários para o organismo humano;
  • Ação regeneradora: contribui para a eliminação de células antigas e para formação de células novas, favorecendo a cicatrização de feridas e queimaduras;
  • Ação hidratante: a planta Aloé Vera é composta por um gel que restaura os tecidos danificados e hidrata a pele;
  • Ação digestiva: possui enzimas que facilitam a digestão, combatendo, assim, a prisão de ventre e ajuda no tratamento da gastrite;
  • Ação anti-inflamatória: contém propriedades que auxiliam no tratamento de inflamações, queimaduras e infeções;
  • Antitérmica: ajuda a baixar a febre;
  • Anestésica: alivia dores musculares, reumatismo e enxaquecas;
  • Anti-inflamatória: atua como a cortisona nas inflamações, mas sem os efeitos secundários;
  • Cicatrizante: Regenera a pele, sobretudo em queimaduras.

Para além destes benefícios, a Aloé Vera também fortalece o sistema imunitário, podendo ser utilizada em forma de gel ou em forma de sumo, que pode ser preparado em casa.

 

Aloé Vera – Depilação a Laser

O ALOÉ VERA É UM REGENERADOR DE PELE PODEROSO

O gel armazenado nas folhas da planta Aloé Vera contém glicoproteínas, que aumentam bastante a capacidade de regeneração da pele, acalmando a dor e a inflamação. Os outros regeneradores contidos no gel de Aloé Vera são os polissacarídeos, que estimulam a regeneração e a reparação cutânea. É um calmante natural e um cicatrizante eficaz.

Contraindicações

Não há contraindicações sobre o uso externo do gel Aloé Vera e qualquer pessoa pode utilizá-la, inclusive crianças, apenas não é indicado em casos de alergia o que é muito raro acontecer.

A ingestão de Aloé Vera está contraindicado para crianças, grávidas e durante a amamentação, assim como em pacientes com inflamações no útero ou ovários, hemorróidas, fissuras anais, pedras na bexiga, varizes, apendicite, prostatite, cistite, disenterias e nefrite.

Aloé Vera: Como Usar

  • Cabelo
    • Queda de Cabelo: a Aloé Vera pode ser usada para tratar a queda de cabelo, uma vez que ajuda na produção de colagénio e, por isso, ajuda a fixar melhor os fios de cabelo no couro cabeludo. Além disso, por conter minerais e água, fortalece todo o fio, tornando-o mais forte e menos quebradiço.
      • Como usarjuntar 2 colheres (de sopa) de gel de Aloé Vera com 2 colheres (de sopa) de óleo de coco, misturar bem e aplicar sobre todo o cabelo. Deixar atuar durante 10 a 15 minutos e depois remover com água fria e shampoo. Este processo apenas deve ser feito 1 vez por semana.
    • Hidratar o cabelo e estimular o crescimento: a Aloé Vera possui enzimas que ajudam a remover as células mortas do couro cabeludo e é uma excelente fonte de hidratação promovendo um crescimento rápido e forte do cabelo.
      • Como usar: juntar 2 claras de ovo com 2 a 3 colheres (de sopa) do gel Aloé Vera, misturar bem e aplicar sobre o cabelo, garantindo que as raízes ficam bem cobertas. Esperar 5 minutos e remover com água fria e shampoo.
    • Eliminar a caspa: a Aloé Vera contém enzimas que eliminam as células mortas, como tal pode ser usado no tratamento da caspa.
      • Como usar: misturar 2 colheres (de sopa) de Aloé Vera com 1 colher (de sopa) de mel e 2 colheres (de sopa) de iogurte natural. Usar a mistura para massajar o couro cabeludo cerca de 15 minutos e, depois, deixar atuar durante 30 minutos. Por fim, lavar o cabelo com um shampoo anti caspa. Esta máscara deve ser feita apenas 1 vez por semana.
  • Pele
    • Remover a maquilhagem: a Aloé Vera é uma forma natural de remover a maquilhagem da pele porque não utiliza químicos e hidrata a pele.
      • Como usar: colocar um pouco do gel Aloé Vera em algodão e esfregar levemente sobre o rosto. Por fim, lavar o rosto com água morna e um sabão neutro.
    • Combater as rugas: Esta planta possui propriedades que estimulam a produção de colagénio pela pele (substância responsável por manter sua elasticidade). Quando utilizamos a Aloé Vera com regularidade esta pode diminuir a profundidade das rugas e até eliminar algumas marcas de expressão, nos olhos, testa ou boca.
      •  Como usar: aplicar uma pequena porção de gel Aloé Vera sobre os locais das rugas e marcas de expressão, como o canto dos olhos ao redor dos lábios ou na testa, fazer uma massagem leve sobre esses locais e deixar atuar entre 5 a 10 minutos. Por fim, remover com água fria e um sabão neutro.
    • Limpar as camadas profundas da pele: a Aloé Vera funciona como uma excelente base para um esfoliante, para além de hidratar a pele, fornece oxigénio para manter as células mais profundas fortes.
      • Como usar: misturar 2 colheres (de sopa) de gel Aloé Vera e 1 colher (de sopa) de açúcar ou bicarbonato de sódio. Depois, aplicar a mistura no rosto ou em outras partes mais secas da pele, como cotovelos ou joelhos, por exemplo. Remover com água e um sabão neutro e repetir 2 a 3 vezes por semana.

Receitas

  • Aloé Vera Xarope

Ingredientes:
– 150g de polpa de Aloé Vera;
– 250g de mel;
– 2 colheres (de sopa) de rum, whisky, ou brandy.

Modo de Preparação:
Misture todos os ingredientes numa liquidificadora, bater até ficar homogéneo. Coloque num recipiente de vidro e leve ao frigorífico.

É recomendado tomar uma colher (de chá) do xarope de Aloé Vera três vezes por dia, antes das refeições.

  • Aloé Vera Sumo

Ingredientes:
– 100g da polpa de Aloé Vera;
– 1 litro de água;
– 1 colher de mel.

Modo de Preparação:
Para preparar o sumo, basta juntar todos os ingredientes na liquidificadora e bater até ficar homogéneo.

É recomendado consumir o sumo apenas 2 a 3 vezes por dia, uma vez que quantidades superiores de Aloé Vera podem levar à irritação da mucosa intestinal, resultando em náuseas e mal-estar.

Conclusão

Vivemos numa era em que cada vez mais estamos rodeados de farmácias e de produtos químicos que constantemente ingerimos para o tratamento de diversas doenças, sobrecarregando o nosso organismo. É cada vez mais importante dar prioridade ao consumo de produtos naturais que permitem aliviar os sintomas, sem recorrer necessariamente a produtos químicos, embora, estes nitidamente tenham o seu lugar e sejam necessários em certas circunstâncias.

A forma como vai usufruir da Aloé Vera será sempre sua, mas em caso de dúvida consulte um profissional especializado para saber como adequar a Aloé Vera às suas necessidades ou restrições.

Adicionar Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *